Marden JamSonho Maluko68.909 plays
Publicidadeiniciando próxima música em Pular anúncio
1 / 10

contrate

Sonho Maluko

Marden Jam, Raga Luke

De repente eu me vi no paraíso em um show lotado

Tom Jobim e Raulzito em cima de um grande palco

Tom tocando de chapéu branco sem charuto

Fazendo vários duetos com o Maluco

O velho guerreiro comandava aquele grande festival

Me aproximei e perguntei se era sonho ou era real

Ele me olhou e apenas me disse sorrindo

Alô meu filho, seja bem vindo!


Continuei sonhando, me acostumando com a idéia

De repente um vozerão estremeceu toda platéia

Cantando do "Leme ao Pontal" não tem nada igual, - me de motivo...

O rei Tim Maia, tava na área... mandaram chamar o síndico

Outro maluko chegou ali, vindo da Nação Zumbi, viche!

Mandou maracatú, de norte a sul e Mangue Bit

Ideologia, poesia, fazem parte desse show

E até o exagerado se controlou

De uma outra estação o poeta da Legião chegou

E disse ainda é cedo e o Boêmio cantou... Boemia!


- É apenas um sonho, o céu é o limite pra sonhar


O Show acabou, fui voando pro estádio

Arquibancada lotada era final de campeonato

Lá eu vi Garrincha entortando o adversário

Tabelando com Dener eles golearam

O goleiro até sumiu, deu o fora ninguém viu

E a torcida gritava "Essa é nossa Brasil!"


Terminando o jogo, fui logo pegar um cinema

Da bilheteria já ouvia as gargalhadas

Entrei, não acreditei em quem eu via em cena

Oscarito e Mazaropi fazendo mil trapalhadas

Todo mundo se acabava, de tanto dar risada

Quando ninguém mais agüentava, uma figura inesperada

Um homenzinho que dançava e fazia careta

Entrou em cena Grande Otelo de fralda e chupeta

Cantando "Mamãe eu quero" e o forró da "Julieta"

Pegou carona e foi embora numa calda de cometa


- É apenas um sonho, o céu é o limite pra sonhar


Caminhei por uma praia deserta aquele dia

De longe avistei, Muçum e Zacarias

Zaca sem peruca, Muça sem o mé

Acenaram e disseram siga em frente e tenha fé

Nesse instante olhei pra cima e bem alto eu vi Pepê

Passando numa aza delta só dando um rolê

Em seguida acredite, quem eu fui ver.

Na Formula 1, o favorito do GP

Cinco voltas na frente do segundo colocado

Recebeu a bandeirada, design quadriculado.

Saiu do cock-pit esperou a corrida acabar

No podium outra vez, Senna em primeiro lugar


Caminhando e cantando no grande paraíso

Descobri que lá, não existe político

Não tem capital, estado, interior

Não tem fronteiras, nem polícia, só existe o amor


O Relógio despertou, disparou...

Seis horas da manhã, o meu sonho acabou

De volta a minha dimensão, na melhor nação

Apesar dos tropeços sou brasileiro de coração


Tá na hora! de levantar, para ir trabalhar

Só que um mistério ficou no ar

Fiquei surpreso quando calcei o sapato

Vi pegadas de areia espalhadas pelo quarto


- É apenas um sonho, o céu é o limite pra sonhar

fotos (4)

clipes (2)

comentários (139)

Compartilhar no

leandro batista

de tudo , é sempre bom ouvir uma musica pra não dar estresse .... só de boa hoje ......

edsantos94

Sonho Maluko, sonho maravilhoso!!!!!!! Parabéns pela sensibilidade, música e poesia!!!!

DJBOMMBA

SO SOM LOKO PAZZZZZZ

Thiago Marques

pode crer irmão. muito bom mesmo tru.

sátiro sem vulgo

som bom

134 comentários

artistas relacionados

© 2003 - 2015 Palco MP3 · Música independente divulgada de verdade · 103 mil artistas, 1 milhão músicas e mais de 5 bilhões de downloads.