contrate

Febre da Televisão

alex

Ando na paz e fui tirado como marginal
pela sociedade os paraiso tropical
ilusão da tv quer educar você
os moleque grudado aprende o que não e pra aprender
na malhaçao tem pista skate campeonato
só que em são miguel esporte tá sem espaço
ana maria braga comida rango da hora
ana maria da favela pedindo esmola
desigualdade infinita desse pais
mina nasceu num mundo louco não foi atriz
mandou não é ator nem quer decorar o texto
não gosta de novela a real leva no peito
jeferson moraes chama logo de bandido
diz que não e motivo o gueto ser excluido
recorde fichado tem o que comer
resposta da favela va se f..ormar melhor sobre meu
povo
que assisti teu programa adianta de grama ligeiro com
os cana
me engana que eu gosto pegadinha do faustão
se me pega do velho vai se bater com o canhão
plantão alagoas diz logo o caso é serio
dinheiro aldiencia pro tal Oscar de melo
pobre algemado a imprensa destacou
filho de bacana nem mostrou e abafou
a cena fica louco não para de escrever porque rap é
nossa vida pode crer der no que der
visao perigosa!? rá no perigo eu vivo
meu som é minha fé e meu senhor esta comigo
não curto a tal novela nem tenho nada contra
mais vivo da real mermo como minhas bronca
vi na tv local programa social mano rodou com ferro
chamado de marginal
era outro guerreiro trabalhador rural
cansou de ser roubado se enquandrou pronto e tal na
calma sem maldade pensou em se proteger
favela, barraco familia sobreviver
ninguém quis dar emprego mano foi catar sem dor
não sei se foi a fome ou foi efeito do pó
da branca pura ops me arrepiei todo
estiga sujeira deixa louco apetitoso
eu queria mesmo era so rimar com paz
mais quando penso que acabou outro mano traz
aqui é patria amada idolatrada salve salve
meu povo ainda sonha nessa tal da igualdade
possibilidade minima de ser feliz
possibilidade as mina aqui não e atriz
possibilidade maxima vocês criou
mal influencia menor no crime engressou
big brother brasil investimento coisa fina
big brother favela é tiroteio adrenalina
a tal da praça e nossa que nada eu não me iludo
aqui se rir demais amoleceu virou difunto
e olhe eu não tô aumentando sai dali e louco
por tras da tela tem favela fico nervoso
cuidado não e a globo nem menos sbt não e band nem
record e rap so pro ce ve
e raro não se envolver os governante num acredita
pega nosso dinheiro pra curtir com as puta gringa
investimento longe por tras ninguém filmou
no outro lado elio vivendo com o terror
intao rap chegou sem temer esses cruel
conexao arapiraca maceio são miguel
so maluco de atitude fortalecendo a fé
firmao pelo rap pro que der e vier
favela jaragua celião e aliado
aproveitando um salve pro jeferson do reginaldo
c.v original é nois ninguém inverte
intao tô escalado já pensou se a firma cresce
pra gente nunca tem flash poeta esquecido
na boca da sociedade nego bandido
sigo a regra desse livro não sou menos nem sou mais
traiu o irmaozinho nois puder nois corre atrás
quem ficar a parte faz sei que isso e ilusão
a real do dia a dia não tá na televisao
não e filme de açao comedia nem terror
e rap conexão capital interior
a mina não firmou se pa deixa pra lá nois num tá nem
aqui
aqui ninguém é popstar
é rap atitude alagoano cabra homi com a arma da
periferia o microfone
invadindo a sua casa o som do seu carro
o cabana tá cabrero e rap pra todo lado
não e apologia e a dor da verdade
explondido o agudo estourando o grave
o bruto tá peidado diz que doi no ouvido
discrimina nosso som pra por horario politico
ram zorra total a diarista grande familia
fofoca palhaçada verdade ou mentira
não sei coeh a desse povo social
manda nos prender nos bate e bota no jornal
eles e quem manda ser pa dono do mundo
cria esses programa mais de cima Deus ve tudo
sim e arriscado mais sera que eu tô errado
propaganda na tv do cigarro do alcool
no farol toma um assalto pro ce ve vai vendo
reação do poeirao garotao veneno
quem não gosta de tv tá botando pra ferver
porque em casa no barraco alguém espera pra comer
pedido dia de furia escravo da escopeta
se rodar e destaque audiencia pra gazeta
mais uns mil o pano sai so o rap nos muda
porque eu sou brasileiro então num desisto nunca
sistema fila da puta beneficiando o mal
bota alcool na tv fala mal da natural
o pai que se entrega troca a familia por alcool
pra mim e um pilantra vacilao safado
faz a familia sofrer chega bebo quebra tudo
isso num tá na tv ignorancia ou absurdo
bota a real na tela pro meu povo assistir
vem filmar a favela e mais o menos tipo assim
gravou pode cair reporter não tô mentindo
diariamente e treta de policia e de bandido
brasil que pais louco quem vai me socorrer
playboyzinho tirando onda palhação na tv
mando os boy se fu.. não melhor sem palavrão
sobreviver na real fortalecendo a união
e os pro da televisao a noite e so novela
melhor ficar com a jack da um roleh na favela
a letra é a secuela rap e voz do povao
que não se guia na febre da televisão.

fotos (5)

comentários (363)

Compartilhar no

Moises Alvinegra

É tudo nosso familia Nsc sZ

Lucas Saldanha

com odio nao tem paz sem paz tem violecia o homem sem liberdade ve que o crime nao compensa rancor nao vale apena adoece o coraçao paciencia fi de deus nao desacredita nao

Laíìs Feernada

Pdc.. Irmao, NSC

Igor nsc felipe

fais uma musica para um irmao meu sai da pedra alem da pedra maldita outra musica

Michel Ramos

NSC é noiz

358 comentários

artistas relacionados

© 2003 - 2014 Palco MP3 · Música independente divulgada de verdade · 97 mil artistas, 1 milhão músicas e mais de 4 bilhões de downloads.